Tecnologia médica "Med Tech

A tecnologia médica é um setor em rápido crescimento, com inúmeras inovações surgindo todos os dias. Essa tecnologia tem o potencial de revolucionar o setor de saúde, trazendo melhorias significativas nos resultados dos pacientes e reduzindo o custo dos serviços de saúde.

O que são tecnologias médicas?

 

A tecnologia médica, também conhecida como "med tech", abrange uma gama diversificada de instrumentos, dispositivos médicos, software (incluindo inteligência artificial) e materiais projetados especificamente para aplicações médicas. Ela atende a várias funções no setor de saúde, desde itens básicos, como band-aids, até tecnologias avançadas, como scanners corporais e dispositivos médicos implantáveis ativos.

Há uma ampla gama de mais de 500.000 tecnologias inovadoras atualmente acessíveis, que desempenham um papel significativo no aprimoramento dos resultados de saúde e na promoção de uma abordagem de atendimento mais personalizada para os pacientes.

A tecnologia médica desempenha um papel fundamental na área da saúde, fornecendo um suporte inestimável aos prestadores de serviços de saúde em termos de prevenção, diagnóstico, tratamento e gerenciamento contínuo. Ela é encontrada em hospitais, ambulâncias e residências, contribuindo para todo o percurso do paciente.

História da tecnologia médica "Med Tech

A história da tecnologia médica pode ser rastreada até os tempos antigos, quando as pessoas começaram a fazer experiências com remédios e tratamentos para doenças. Os antigos egípcios usavam ervas e outras substâncias naturais para tratar doenças, enquanto os chineses desenvolveram a acupuntura há milhares de anos.

Na Idade Média, os avanços em anatomia, fisiologia e química permitiram que os médicos desenvolvessem curas para doenças que antes não podiam ser tratadas. Durante a Revolução Industrial, a tecnologia médica passou por uma transformação drástica. Inventores como Louis Pasteur e Edward Jenner fizeram grandes avanços com suas descobertas em imunologia e microbiologia.

A invenção dos raios X por Wilhelm Roentgen em 1895 marcou um ponto de virada na história da medicina. Desenvolvimentos mais recentes incluíram o sequenciamento genético, o escaneamento por ressonância magnética e a cirurgia robótica. Atualmente, a tecnologia médica está permitindo que os profissionais de saúde diagnostiquem e tratem doenças de forma mais eficaz do que nunca.

Categorizando as tecnologias médicas "Med Tech

As tecnologias médicas abrangem uma ampla gama de produtos, serviços e soluções que melhoram muito e até salvam vidas. No setor de tecnologia médica, essas tecnologias podem ser classificadas em categorias, cada uma servindo a um propósito exclusivo.

Dispositivos médicos (MDs)

 

Qualquer instrumento, aparelho, implemento, máquina, dispositivo, implante, reagente in vitro ou outro artigo semelhante que seja usado para diagnosticar, prevenir ou tratar pacientes. Exemplos de dispositivos médicos incluem marcapassos e desfibriladores.

Tecnologia médica - setor - Europa

 

Países

Participação no mercado global de dispositivos médicos

EUA 43.5%
Europa 27.3%
Outros 11.3%
China 7.2%
Japão 5.6%
Canadá 1.9%
Coreia do Sul 1.7%
Rússia 1.5%

Diagnósticos in vitro (IVDs)

 

São testes realizados fora do corpo para detectar, diagnosticar e monitorar doenças. Os exemplos incluem testes de diagnóstico de doenças infecciosas, como os testes de fluxo lateral covid-19.

 

Saúde Digital

 

Uso de ferramentas e tecnologias digitais de saúde para melhorar os resultados da assistência médica. Os exemplos incluem a telessaúde e os aplicativos médicos móveis.

Exemplos de novas tecnologias

 

Cirurgia assistida por robô

Os sistemas cirúrgicos robóticos são projetados para aumentar a precisão, reduzir a invasividade e melhorar os resultados cirúrgicos na sala de cirurgia.

Impressão 3D

A impressão 3D na área da saúde é usada para criar órgãos artificiais, permitindo uma melhor cirurgia e planejamento de diagnóstico. Ela também tem aplicações potenciais no fornecimento de medicamentos, na fabricação de próteses e na engenharia de tecidos.

Diagnóstico assistido por inteligência artificial

A IA está sendo usada para desenvolver algoritmos sofisticados que podem auxiliar no diagnóstico médico, extraindo dados de registros de pacientes e fornecendo percepções que não são possíveis por meio de métodos tradicionais.

Dispositivos médicos vestíveis

Os dispositivos vestíveis revolucionaram a experiência do paciente ao permitir o monitoramento contínuo dos sinais vitais e fornecer dados em tempo real que podem ser usados para melhorar o diagnóstico, o tratamento e o gerenciamento das condições de saúde.

Medicina personalizada/Medicina de precisão

Essa tecnologia utiliza a análise genética para criar tratamentos e terapias personalizados com base na composição genética específica de um indivíduo. Ela está sendo usada para desenvolver medicamentos mais eficazes com menos efeitos colaterais.

Monitoramento remoto de pacientes

Essa tecnologia usa dispositivos médicos conectados para coletar e transmitir dados de pacientes remotamente, permitindo um melhor gerenciamento de condições crônicas, como diabetes e doenças cardíacas.

Realidade virtual (RV) no setor de saúde

A RV está sendo usada para simular procedimentos médicos para treinamento e educação, bem como para ajudar a reduzir a dor em pacientes, fornecendo terapia de distração imersiva.

Nanotecnologia

Essa tecnologia está sendo usada para desenvolver sistemas de administração de medicamentos baseados em partículas minúsculas que podem ter como alvo células específicas do corpo humano para tratamentos mais eficazes.

Análise automatizada de imagens médicas

A automação da análise de imagens médicas revolucionou a maneira como os médicos diagnosticam e tratam doenças como o câncer, permitindo um diagnóstico mais rápido e preciso.

Aplicativos médicos

Aplicativos móveis personalizados estão sendo usados para melhorar o envolvimento dos pacientes no gerenciamento de sua própria saúde, permitindo que eles acessem o suporte médico remotamente e acompanhem o progresso de seus tratamentos.

O setor de tecnologia médica

O setor de tecnologia médica registrou um enorme crescimento nas últimas décadas. Atualmente, é um mercado multibilionário, com várias empresas fabricando e desenvolvendo um grande portfólio de produtos que está transformando o setor de tecnologia médica.

Receita do setor de tecnologia médica global

As maiores empresas de tecnologia médica da atualidade são:

  1. Johnson & Johnson
  2. Medtronic
  3. Philips Healthcare
  4. GE Healthcare
  5. Siemens Healthineers
  6. Corporação Boston Scientific
  7. Stryker Corporation
  8. Becton Dickinson and Company (BD)
  9. Laboratórios Abbott
  10. Cardinal Health

Espera-se que o mercado de tecnologia médica continue crescendo. Esse crescimento projetado é impulsionado pela crescente demanda por tecnologias médicas inovadoras, bem como por uma população em expansão de indivíduos idosos que exigem tratamentos e terapias mais avançados.

receita projetada para o setor de tecnologia médica

Emprego em tecnologia médica

As tecnologias médicas também criam novas oportunidades de emprego. Com o crescimento do setor, serão necessários mais técnicos e engenheiros para projetar, desenvolver e fazer a manutenção dessas soluções avançadas. As empresas especializadas em tecnologia médica precisarão de pessoal de vendas para comercializar seus produtos, bem como de equipes de suporte ao cliente para garantir que os clientes aproveitem ao máximo seus dispositivos.

Além disso, as empresas podem precisar de especialistas em regulamentação para atender aos requisitos de conformidade e garantir que seus produtos atendam aos padrões de segurança. Com a demanda contínua por novas tecnologias médicas, esses cargos continuarão a ser uma importante fonte de emprego nos próximos anos.

Em 2020, o setor de tecnologia médica na Europa empregou mais de 760.000 pessoas em uma rede de mais de 33.000 empresas dedicadas a esse campo. As figura abaixo ilustra os 10 principais países europeus com o maior número de empregos diretos no setor de tecnologia médica, com base em dados de 2021.

Emprego em tecnologia médica e tecnologia médica

País

Emprego em tecnologia médica

Alemanha 235,000
Itália 112,534
REINO UNIDO 106,500
França 88,000
Suíça 63,000
Irlanda 42,000
Espanha 29,000
Suécia 27,000
Bélgica 17,800
Dinamarca 16,500

Como as tecnologias médicas podem ajudar os pacientes?

Do diagnóstico precoce de doenças aos tratamentos de precisão, as tecnologias médicas podem ajudar a identificar e tratar doenças com mais precisão e rapidez. Isso significa que os pacientes recebem o melhor atendimento possível em tempo hábil, o que tem um impacto positivo geral em sua qualidade de vida.

As tecnologias médicas podem reduzir o risco de complicações associadas aos tratamentos tradicionais. Elas também podem ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse do paciente, fornecendo mais informações sobre sua condição em um formato de fácil acesso.

Para pacientes com diabetes, há dispositivos médicos disponíveis para ajudá-los. Os monitores contínuos de glicose (CGMs), por exemplo, permitem o rastreamento em tempo real dos níveis de glicose. Essas informações valiosas permitem que os pacientes façam os ajustes necessários em suas dosagens de insulina.

Além disso, as bombas de insulina podem ser programadas para administrar quantidades predeterminadas de insulina em horários específicos, reduzindo assim o risco de hipoglicemia.

A tecnologia médica também pode melhorar o acesso aos serviços de saúde, principalmente para pessoas que vivem em áreas rurais ou remotas. Por exemplo, a Telessaúde, que oferece tecnologias de monitoramento remoto de pacientes, permite que os pacientes tenham acesso a suporte médico sem precisar percorrer longas distâncias, possibilitando o diagnóstico e o tratamento precoce de problemas de saúde.

Equipe de saúde

As tecnologias médicas podem ajudar a equipe de saúde de várias maneiras. Por exemplo, os registros eletrônicos de saúde (EHRs) permitem que os prestadores de serviços de saúde acessem as informações dos pacientes com rapidez e facilidade, melhorando a eficiência e a precisão do atendimento. Isso também ajuda a simplificar os processos administrativos, permitindo que hospitais e outras instalações de saúde funcionem com mais eficiência.

Por fim, as tecnologias médicas podem ajudar a reduzir os riscos associados aos processos manuais. Por exemplo, os dispositivos médicos automatizados podem eliminar a possibilidade de erro humano, fornecendo medições precisas e resultados exatos. Todos esses benefícios resultam em melhor saúde e excelência no atendimento.

tecnologia-médica-tecnologias-médicas-com-maior-impacto-USA-Reino Unido

Sistemas de saúde

 

As tecnologias médicas e de saúde têm o potencial de revolucionar os sistemas globais de saúde. Ao melhorar o diagnóstico, o tratamento e o monitoramento de doenças, essas ferramentas podem reduzir o sofrimento humano e as taxas de mortalidade em todo o mundo. Além disso, elas podem ajudar a enfrentar desafios como a superlotação dos hospitais, permitindo uma prestação de cuidados mais eficiente.

A tecnologia médica também pode reduzir os custos associados aos tratamentos, fornecendo soluções de baixo custo que são mais eficazes e fáceis de usar. Ao ajudar a criar um sistema de saúde mais equitativo, essas ferramentas podem melhorar os resultados dos pacientes e levar a uma melhor qualidade de vida para todos. Exemplos de 'Adding Value: Os benefícios econômicos e sociais da tecnologia médica

As próteses de quadril e joelho desempenham um papel fundamental na prevenção de incapacidades e permitem que os pacientes permaneçam empregados. Além do bem-estar pessoal, esses procedimentos têm efeitos positivos de longo alcance, preservando a independência e aumentando as oportunidades para que os pacientes retornem ao trabalho.

Em 2009, aproximadamente 11.000 pessoas na Inglaterra e no País de Gales puderam voltar a trabalhar em decorrência de próteses de quadril, resultando em uma economia anual de £ 37,4 milhões para o sistema de previdência do Reino Unido a cada ano de suas vidas profissionais.

Os cardioversores-desfibriladores implantáveis (CDIs) servem como uma rede de segurança para indivíduos de alto risco, evitando efetivamente a parada cardíaca súbita em 98% dos casos. O dispositivo permite que a maioria dos pacientes retorne ao trabalho, melhorando sua qualidade de vida e reduzindo a carga sobre os recursos de saúde.

Somente no Reino Unido, o implante de CDI economiza £3,5 milhões por ano, com o potencial de economia de £7,1 milhões por ano se mais pessoas fossem equipadas com CDIs, alinhando-se com a taxa europeia.

 

Como o setor de tecnologia médica é regulamentado?

 

O setor de tecnologia médica é altamente regulamentado devido aos riscos potenciais associados aos produtos e serviços. Os requisitos regulatórios variam de acordo com o tipo de produto ou serviço e a região geográfica, mas geralmente incluem o registro em um órgão relevante e a adesão a padrões de qualidade e requisitos de segurança.

Exemplos de órgãos reguladores de tecnologia médica:

O processo de aprovação de um dispositivo médico é semelhante ao da aprovação de um medicamento. Ele varia de acordo com o órgão regulador e o tipo de produto. Em geral, os dispositivos médicos devem passar por testes clínicos para testar sua segurança e eficácia antes de serem aprovados para uso em seres humanos.

Depois disso, o fabricante deve enviar uma solicitação ao órgão regulador relevante com evidências de que o dispositivo atende a todos os padrões aplicáveis. Em geral, o processo de aprovação envolve análises de especialistas e pode levar vários anos. Depois que um dispositivo for aprovado, ele será monitorado para garantir que continue a atender aos padrões de segurança.

Processo de aprovação-med-tech-medical-technology-drug

Avaliação do valor da tecnologia médica

 

Os pagadores e provedores de saúde em todo o mundo estão começando a desenvolver métodos de avaliação do valor de novas tecnologias médicas e métodos e técnicas estão começando a se desenvolver.

No Reino Unido, o Programa de Avaliação de Tecnologias Médicas foi lançado recentemente pelo National Institute for Health and Care Excellence para ajudar os fabricantes, distribuidores e agentes de empresas de dispositivos médicos, bem como a equipe de saúde e assistência social, os pacientes e o público a identificar e propor tecnologias que possam melhorar os resultados de saúde, a experiência do paciente ou a eficiência do sistema de saúde.

Os requisitos de avaliação econômica dependem da tecnologia, de sua função em uma via de tratamento e dos custos prováveis de implementação.

 

Desafios e problemas

 

Cinco desafios enfrentados pelo setor de tecnologia médica

  1. Custo: O desenvolvimento de tecnologia médica requer um financiamento significativo, o que pode ser uma barreira tanto para os prestadores de serviços de saúde quanto para os pacientes, já que os dispositivos e serviços geralmente são caros. As exigências regulatórias aumentam o custo do desenvolvimento da tecnologia médica, elevando os preços e dificultando a manutenção da competitividade das empresas no mercado.
  2. Privacidade dos dados: À medida que a tecnologia médica se torna mais sofisticada, há preocupações cada vez maiores com a segurança dos dados e a privacidade dos pacientes. A tecnologia médica deve estar em conformidade com os regulamentos para garantir que as informações dos pacientes sejam mantidas seguras e protegidas.
  3. Acessibilidade: A falta de acesso à tecnologia médica pode impedir que as pessoas recebam o atendimento de que precisam em tempo hábil, principalmente em áreas onde os recursos são escassos ou de custo proibitivo. Os governos, as organizações e as empresas devem trabalhar juntos para garantir que todos tenham acesso às tecnologias médicas necessárias.
  4. Adoção pelo usuário: A tecnologia médica pode ser complexa e difícil de usar, e deve ser projetada com recursos fáceis de usar para uma rápida adoção. Além disso, os usuários podem precisar de treinamento para entender como usar o dispositivo de forma adequada e segura.
  5. Conformidade regulatória: Manter-se em dia com os requisitos regulatórios pode ser um desafio para as empresas de tecnologia médica. As empresas devem se manter atualizadas com as regulamentações mais recentes para garantir que seus produtos sejam seguros e eficazes.

Apesar desses desafios, a tecnologia médica tem o potencial de transformar o setor de saúde e melhorar o acesso ao atendimento em todo o mundo. Ao investir em pesquisa e desenvolvimento, inovar em novas tecnologias, aderir aos requisitos regulatórios e garantir a acessibilidade a esses dispositivos, podemos criar um sistema de saúde mais equitativo para todos.

Tendências futuras

 

Em 2023, espera-se que a tecnologia médica dê saltos e avanços na área de tratamentos avançados. Um exemplo é a terapia gênica, que envolve o uso de sequências de DNA para modificar genes para fins terapêuticos.

Isso poderia ser usado para tratar doenças que antes não podiam ser tratadas, como câncer e doenças hereditárias.

Tecnologia médica de terapia gênica que está sendo desenvolvida:

As tecnologias médicas do futuro se tornarão cada vez mais sofisticadas, permitindo melhores diagnósticos e tratamentos.

A Inteligência Artificial já está sendo usada para analisar imagens médicas para um diagnóstico mais preciso, e o aprendizado de máquina pode ser aplicado aos dados de saúde para identificar padrões em doenças.

Tecnologias médicas de Inteligência Artificial (IA) que estão sendo desenvolvidas:

Prevê-se que a projeção do tamanho do mercado de IA no setor de saúde cresça exponencialmente.

tamanho do mercado de inteligência artificial no setor de saúde
Economia por projeto
Carregando...